meias verdes

Eu estou andando de metrô todos os dias e logo aprendi a fazer pouco contato visual com as pessoas e adotar a técnica “cara de árvore” que fazemos quando olhamos pra fora da janela pra poupar a bateria do smartphone. Porém, eu costumo olhar pro chão e foi assim que eu vi: meias verdes com desenhos (pareciam sapos, mas não consegui decifrar) dentro de sapatos marrons. O dono das meias verdes usava calça capri verde esmeralda, uma camisa branca e uma mochila roxa com detalhes em marrom escuro. Entre tons terra, preto e cinza, as meias verdes destacaram bastante naquele vagão. Infelizmente eu não tenho coragem de deixar minhas meias à mostra, costumo escondê-las bem dentro de botas de cano curto. Mas acho que minhas meias de onça fariam sucesso…

Logo vi que eu não era a única olhando para as meias verdes. Muitos olhos o seguiam e muitas cabeças viraram quando as meias verdes atravessaram o primeiro vagão até a porta de saída. Depois disso, tudo voltou a ser cinza, branco, bege, normal e igual. Procuramos fugir da mesmice mas, ao mesmo tempo, vivemos com medo de sermos diferentes.

Apesar de eu não ser dona de um par de meias verdes, eu posso ser dona de um gesto bondoso no vagão do metrô ou de um sorriso ao cruzar com estranhos em ruas estreitas.

E o dono das meias verdes nunca saberá que ele me fez perceber algo importante naquele dia.

 T.

Advertisements

One thought on “meias verdes

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s